Buscar
  • Anastácia Ottoni

Thanatomorphose (2012): o abandono personificado


Thanatomorphose é um filme de horror corporal extremo. Digo isso de cara para que fique claro: estamos falando de um filme pesado (+18). Considerado por muitos críticos perturbador e por outros apenas péssimo, eu diria que teria sido fácil não gostar tanto dessa obra, mas ela tem algo que eu amo no terror: transformar emoções em pessoas ou, nesse caso, pessoas em emoções.


Atenção: o texto possui spoilers leves que não atrapalham as surpresas da trama.

Escrito e dirigido por Éric Falardeau, o longa canadense conta a história de Laura (Kayden Rose), uma jovem escultora que vive num relacionamento excruciantemente abusivo com Antoine, um junkie machista e misógino (preciso falar mais?). Depois de ser praticamente abandonada, Laura começa a dar sinais físicos do óbvio: nada está bem.


Enquanto se suja com argila, ela se perde em seu trabalho e, também, dentro de si mesma. Ignorando todos os sinais, Laura insiste no ciclo de abuso que destrói seu corpo gradativamente, mostrando como o abandono pode matar uma pessoa que não tem estrutura, sequer suporte da família.



O definhar deste ser humano é um processo lento que o longa não tem pressa em mostrar, muito menos pudores. A maquiagem do processo é o que chamamos de "0 defeitos" (de verdade, é muito bem feito mesmo!) e entre caretas de nojo aqui e acolá, você aceita que nesse body horror extremo, o que está em tela não é gratuito.


É difícil abordar o tema solidão de forma tão visual como Thanatomorphose e, claro, não é um filme para qualquer um. Mas não entendam isso como arrogância. É preciso ter estômago para ver uma pessoa morrer na sua frente, da mesma forma que é preciso ter estômago para ver o tal corpo sendo devorado por larvas. O vazio deixado com o encerramento do longa é o niilismo de Laura que consegue sair da tela e deixar qualquer um querendo contemplar o nada e refletir sobre a própria existência.


79 visualizações
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

© 2019 Caligari